terça-feira, 28 de maio de 2013

CARROS - Veja o que Revisar Antes de Pegar a Estrada


Carros - Veja o que revisar antes de pegar a estradaViajar de carro pode ser uma grande diversão ou uma enorme dor de cabeça. Por isso, antes de colocar o carro na estrada o ideal é procurar uma empresa especializada e fazer uma revisão no veículo. Seu carro passará por um check-up para evitar surpresas desagradáveis no meio do caminho.

A revisão de segurança vai verificar como estão as partes vitais do carro. As condições do sistema de rodagem, que engloba os pneus, precisam ser checadas, incluindo o estepe, assim como o balanceamento e a geometria. O mesmo vale para o sistema de freio. Nessa etapa, são conferidos os discos e pastilhas e a parte hidráulica, o que inclui o fluído de freio, canos e mangueiras.

Os itens de segurança relacionados à visibilidade também entram no pacote. O para-brisa, o vidro traseiro, os laterais e os espelhos retrovisores são inspecionados. No mesmo check list ainda estão os limpadores de para-brisa e de vidro traseiro e todo o sistema de iluminação, do qual fazem parte as lanternas e os faróis. “É importante fazer um alinhamento dos faróis. Todos os faróis permitem regulagem, mas o processo é automático em poucos modelos”, comenta o gerente de engenharia da DPaschoal, Eliel Bartels.

Outro sistema fundamental nas revisões é o de arrefecimento. Devem ser conferidas as mangueiras, a situação da água do radiador (muitas vezes é feita uma limpeza), os interruptores, as válvulas e a bomba d’água. “Problemas de superaquecimento são os que mais deixam motoristas na estrada”, observa Pedro Scopino, consultor técnico e diretor do Sindirepa, o Sindicado dos Mecânicos de São Paulo. Ele lembra que também é observada nas revisões uma peça que costuma dar problemas em viagens, a correia dentada.

Revisão na garagem
Parte da revisão pode ser feita pelo próprio motorista na garagem de casa. Ele pode verificar o nível de óleo, assim como o de água do radiador e dos limpadores de vidros. “É importante conferir as luzes do painel. Ao girar a chave, existem dois estágios. Deve-se dar uma paradinha no primeiro para fazer um check-in de verificação”, ensina. Fique atento à indicação dessas luzes, que podem denunciar se o nível do óleo está baixo ou se o sistema elétrico está com alguma irregularidade. Na hora de abastecer o carro, não se esqueça de calibrar os pneus.

“Antigamente, a preocupação era saber se o estepe estava murcho ou não. Agora, o motorista se preocupa se o estepe está no carro ou não”, comenta Eliel Bartels, referindo-se aos furtos de estepes nos carros em que o pneu fica à mostra ou preso no assoalho.

Na conferência da garagem também pode entrar a bateria. Um indicativo de que é preciso uma ida ao mecânico é se o motorista der a partida e o carro demorar a pegar. Nesse caso, vale levantar o capô. “Se os polos estiverem oxidados, é preciso fazer uma limpeza. Dilua uma colher pequena de bicarbonato em 200 ou 300 ml de água e lave os polos com buchinha, mas sem desligar a bateria”, ensina Bartels. (Fonte:Canarinho Press -Terra.com)
Postar um comentário